Vaquinha virtual quer levar crianças negras para ver Pantera Negra em Conquista

Entitulada “Pantera Negra da Quebrada”, a campanha criada na plataforma “Vakinha” já ultrapassou a meta do valor pedido

A vontade de levar crianças negras para se reconhecerem nos personagens do filme “Pantera Negra” chega também em Vitória da Conquista, onde um grupo de pessoas se mobiliza para isso.

Entitulado “Pantera Negra da Quebrada”, a campanha foi criada na plataforma “Vakinha” e já ultrapassou a meta do valor pedido.

A ideia era arrecadar R$1000 para “levar jovens negros de comunidades conquistense para assistir ao filme”, mas quase R$300 a mais já foram coletados.

Partindo do pressuposto que a meia-entrada no nosso cinema está custando R$10,22 – cerca de 130 crianças serão contempladas.

A campanha continua até o dia 24 de fevereiro, quer ajudar? Basta clicar aqui.

Pantera Negra

Pantera Negra é um herói africano, criado pela Marvel na década de 60 e tem seu primeiro longa-metragem lançado nos cinemas este ano, chegando aos brasileiros no dia 15 de fevereiro.

Além de dar sequência às narrativas dos filmes dos Vingadores – “Pantera Negra” é um marco na questão racial.

Com mais de 90% do elenco composto por pessoas negras, a representatividade tem sido um fator bastante comentado, exaltado (e também problematizado) por setores do movimento negro.

Daí surge a vontade de que a história chegue à crianças que por conta da condição financeira talvez nunca sentariam numa cadeira de cinema para ver a terra mágica de Wakanda e seus heróis.

Octavia Spencer, uma das integrantes do elenco, fechou um cinema próximo a uma área pobre no estado Mississipi nos Estados Unidos para que jovens assistissem à estreia.

Em São Paulo, a Rede Negras Empoderadas realiza nesta terça (20) uma sessão exclusiva no Shopping Eldorado, levando cerca de 300 negros e negras para a sala de cinema,

Ultrapassando o audiovisual, o filme também sensibilizou artistas de outras áreas. O rapper Emicida, por exemplo, escreveu uma música especialmente baseada no Pantera Negra.