Sarau & Palco Aberto Hotel Mambembe: a arte em movimento

Aconteceu no último domingo (18), a 13ª edição do Sarau Hotel Mambembe no Centro Cultural Segundo Vento

Por Jéssica Sande/ Foto: Letícia Portela

O Sarau Hotel Mambembe que já vem sendo promovido desde 2016, teve sua 13ª edição realizada nesse domingo (18). O evento contou com artistas musicais, poetas e artistas plásticos da cidade, no Centro Cultural Segundo Vento.

A proposta do Sarau é unir os artistas em um espaço democrático onde eles tenham a oportunidade de mostrar o seu trabalho ao publico. Uma das prioridades do evento, mesmo não sendo regra, é que o artista inscrito não tenha se apresentado nele em outra edição, pois com isso permite que outros, não conhecidos pelo público, tenham o espaço para exporem sua arte também.

Foto: Rafael Flores

Foto: Rafael Flores

A primeira vez de Jonathan Lôbo se apresentando em palco no Sarau ele conta que “A proposta do Sarau é interessante porque tem gente que não tem lugares para se apresentar, e aqui ganham um espaço, mesmo sendo 10 minutos vale muito pra eles e para mim”. “Foi uma experiência boa ver essa galera toda cantando, foi muito massa”, concluiu.

Com o clima de São João já tomado na cidade, o Sarau não ficou de fora dessa. Com um espaço mais aberto, que possibilitava uma maior circulação e um espaço para dança, as músicas de forró tomaram conta da noite. Com uma iluminação intimista e aconchegante, só não arrastou o pé quem não quis.

Foto: Letícia Portela

Foto: Letícia Portela

Em sua primeira vez no Sarau como público, Breno Assis conta sobre a relevância desses espaços em Conquista: “O Sarau é hoje um importante espaço para a divulgação do trabalho dos artistas locais, que, muitas vezes não encontram espaço nos grandes eventos na cena cultural de Conquista. Vejo o Sarau como um grande passo para a democratização desses espaços e na promoção de cultura e entretenimento, possibilitando que novas vozes sejam entoadas.”

Espaço Cultural Segundo Vento

Foto: Rafael Flores

Foto: Rafael Flores

Espaço Cultural Segundo Vento

Os espaços para eventos culturais em Conquista são ínfimos e os que existem vem sofrendo com a precarização, falta de equipamentos e manutenção. Pensando nisto que o Coletivo Segundo Vento teve a ideia de criar um espaço para receber essas manifestações culturais que são tão importantes para a cidade, como conta uma das integrantes do Coletivo, Luiza Audaz:  “Através do Coletivo conseguimos abrir esse novo espaço cultural, já que estamos com o Centro de Cultura fechado e com espaços reduzidos, a casa é uma ação para fazermos nossos eventos  e para que tenha eventos de outras pessoas”.

O Coletivo Segundo Vento surgiu em Prado-Bahia e é composto por Luiza Audaz, Miguel Nery, Ana Pires, Felipe Sampaio e Chico Santana.

O espaço cultural está funcionando há um mês e meio e já recebeu algumas festas de musica eletrônica, o Micro Festival do Vento e a Feirinha de Santo Antônio, mas o Sarau foi o primeiro evento mais expressivo da cidade.

 

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *