Filipe Massumi volta à Conquista para apresentação no Carlos Jehovah

Na véspera de feriado, a cidade sediará o reencontro entre Massumi, o teatro e o público conquistense

Na próxima quarta-feira (6), véspera de feriado, o Teatro Carlos Jehovah irá receber um filho de volta. O músico Filipe Massumi retorna à cidade onde começou sua carreira artística para uma apresentação única.

Massumi era um garoto quando entrou naquele pequeno anfiteatro pela primeira vez. “Quando tinha 13 anos, me apresentei pela primeira vez nesse teatro, em Conquista, Sertão da Bahia, minha cidade, eu,  de nervoso, tremia mais que uma vara de bambu. No dia 06 eu volto pro mesmo teatro pra tremer mais ainda”, é o que diz o músico  em seu perfil no Facebook para anunciar o show.

 

“Tenho um carinho imenso por esse lugar e por todas as pessoas que convivi em Conquista naquele tempo que tirávamos leite de pedra com produções independentes que, apesar de todas as dificuldades, floresciam em toda sua potencia”, completa.

Massumi com Zé Manoel e Livia Mattos / Foto: Tiago Lima

Desde que saiu da cidade, Massumi tem traçado uma história importante no cenário artístico brasileiro recente. Já passou pelo grupo Sertanília e pela Orquestra Neojibá em Salvador e pelo Teatro Oficina em São Paulo, onde reside atualmente e contribui com músicos como Zé Manoel, José Miguel Wisnik, Ná Ozetti, entre outros projetos.

Ele toca, por exemplo, violoncelo na gravação música “Gasolina” do grupo Teto Preto. Assista a essa interpretação feita por ele, Laura Diaz e Carina Iglecias.

“Agora eu tenho trabalhado muito como instrumentista, compositor e arranjador. Depois de muito tempo em São Paulo trabalhando com direção musical e trilha sonora pra cinema e teatro, voltei a focar mais em projetos de música brasileira mesmo”, explica.

Junto com Suzana Salles, Pepê Mata Machado e Sérgio Rezende – o músico conquistense está lançando o álbum “Jogos da Noite”.  “É um disco de poesias simbolistas musicadas, produzido pelo selo Circus”, comenta.

No show de Vitória da Conquista ele irá propor uma linha do tempo de todo o seu processo até hoje, desde sua formação como violonista, até o cancionista, chegando ao violoncelo e à música experimental. “Farei algumas músicas autorais e outras musicas de autores que estiveram presentes nessa estadia longa que tem sido São Paulo”, revela.

Serviço: Show com Filipe Massumi
Local: Teatro Carlos Jehovah
Data: 06 de setembro 
Horário: 20h
Valor: R$20,00
Ingressos: Euri Meira (71) 992691395