“Existe muita oportunidade nos bastidores de uma produção cultural”, diz Rogério Bigbross

Produtor participou da aula magna do projeto “Escola de Rock”, em Conquista

Começou na semana passada, na Escola Ridalva, o “Escola de Rock”, projeto que tem como objetivo formar e profissionalizar jovens da Rede Municipal de Ensino, promovendo apresentações artísticas, a vivência com a produção cultural e o contato com os bastidores de um festival de rock.

A programação teve início na quinta-feira (16), com a aula magna “Vivendo do rock na Bahia”, ministrada pelo produtor cultural e DJ soteropolitano Rogério Bigbross.

Foto: Rafael Flores

“Essa experiência aqui não é pra incentivar a galera a ser um grande artista ou um grande músico, sim, os que tem talento vão buscar isso naturalmente, mas o que quero mostrar para eles é que existe uma sequência de oportunidades por trás disso”, explicou “Big”, que é um dos idealizadores dos festivais Boom Bahia, Big Bands e do selo Big Bross Records.

“O escola de rock é um projeto que não tem a intenção de transformar ninguém em roqueiro. É um curso de produção cultural, um projeto piloto que começa na Escola Ridalva, mas que nos próximos anos deve rodar por toda Rede Municipal de Ensino, inclusive na zona rural”, contou o professor e técnico da Secretaria Municipal de Cultura, Gilmar Dantas.

“Esse ano vai ser rock, mas no próximos anos vai ser escola de samba, forró, rap, por aí vai. A ideia é abrir para todos os estilos possíveis pois dá para trabalhar produção cultural com qualquer estilo e nenhum estilo é melhor do que o outro”, reforçou.

Nos próximos dias, os estudantes irão participar de oficinas e cursos de confecção de cartazes, curadoria, fotografia dentre outros. Na segunda etapa, que acontece nos dias 13 e 14 de julho, os alunos irão produzir e organizar o Festival Rock na Praça, na Praça da Juventude, com bandas de rock locais e nacionais.

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *