A dança diferente do Berequetê

A próxima edição acontece em duas etapas e a primeira será neste sábado (16) no Apache Music Club

Foto: Larissa Cariranha

Festa de faculdade em Conquista possui um perfil muito icônico: os veteranos alugam um espaço qualquer e muitos litros da iguaria suco gummy são consumidos ao som do que tiver “bombando” no momento.

Algumas exceções vem aparecendo, como as duas edições do “Passa Whats” em 2014, que, organizado por estudantes de Comunicação Social,  trouxe um formato mais profissional. Mas é com o “Berequetê” que o estigma citado no parágrafo anterior se esvai quase completamente.

Tropicália, música africana, política, diversidade – tudo é pautado na festa dos graduandos em Arquitetura. O termo soa engraçado para alguns, mas ele dialoga com as referências dos estudantes já quem vem de uma dança tupi, desenvolvida pelos índios que detinham o conhecimento da construção de ocas para comemorar a finalização de uma obra e adorar aos deuses.

Decoração do “Berequetê” / Foto: Larissa Cariranha

Esta lembrança aos nativos é sempre realizada em trotes e encontros estudantis dos quase arquitetos.  “Nos encontros regionais e nacionais nos encantamos com a criatividade do evento em todos os detalhes e quando voltamos decidimos fazer uma festa. Na hora de escolher o nome, queríamos fazer alguma referência ao evento e um deles é o berequetê”, afirma Rute Tigre, Arquiteta e Urbanista e uma das produtoras do evento.

Calouros dançando o Berequetê em 2009 

Rute conta que a produção surgiu como calourada, mas que já toma outros rumos que vão além dos muros da faculdade. “A gente tem até tentado evitar esse termo ultimamente pelo fato de que estamos entrando em outra vertente. O “Berequetê” se tornou uma organização e estamos indo para a quarta edição”, explica.

Foto: Larissa Cariranha

Um ponto importante na hora de traçar essa diferenciação entre as calouradas comuns e o Berequetê é a estética. A identidade visual, por exemplo, é assinada pela arquiteta e artista Ully Flôres e em relação à música essa preocupação pode ser bem observada nos setlists dos DJ’s escolhidos.

A próxima edição acontece em duas etapas e a primeira será neste sábado (16) no Apache Music Club. E não se preocupem, as rodadas de open bar estão mantidas.

 

SERVIÇO:

BEREQUETÊ
Data: 15/09/2017
Horário: 21h
Local: Apache Music Club (Avenida Líbano, Jardim Guanabara, 67)
Ingressos: R$ 20