Confira os principais lançamentos da música conquistense no primeiro semestre

Período foi fértil e novamente o hip hop sai na frente em números de músicas e clipes

A música autoral conquistense está cada dia mais fortalecida – a qualidade dos lançamentos e dos vídeo-clipes comprovam isso. Gabi Cayari, Luiza Audaz, Achiles, Hotel Mambembe, TR MC, Wubeko e Veneta Clan são alguns nomes que mostraram coisas novas nesses primeiros seis meses do ano.

Também já iniciamos o segundo semestre de 2017 com alguns lançamentos previstos em Vitória da Conquista, como clipes de Luiza Audaz e novas produções do Complexo Ragga e lançamentos solo dos seus integrantes (Loro Vodoo, MC Supremo e Johnny Hanks)

Confira a safra do primeiro semestre:

Gabi Cayari – VIBE

Investimento alto e um clipe super bem produzido – é o que Gabi Cayari nos passa em “VIBE”. A música é pop com uma letra que fala de superação de uma decepção amorosa – o beat de Loro Vudu dá o peso necessário para a produção.

Luiza Audaz e Zeh – Genesis

Luiza é pioneirana cidade com esta fórmula “vocal feminino + beat eletrônico” e faz isso muito bem. Duas de suas tracks foram produzidas por Zeh, DJ baiano que já teve produções escaladas na coletânea “Bahia Bass”. “Genesis” vai ganhar um clipe, com lançamento previsto para hoje (06) no bar Aquarius.

Achiles – Divino e Ateu (EP)

Lançado em março pelo selo Piripiri, o EP Divino e Ateu ganhou turnê e já rendeu à Achiles indicação em duas categorias do Prêmio Caymmi. O disco mescla o uso de programações eletrônicas e simula versões contemporâneas da estética pop-disco-glam.

Hotel Mambembe – Pode Crer

Mais um lançamento do selo Piripiri, “Pode Crer” já era cantada nas edições do Sarau e Palco Hotel Mambembe – projeto encabeçado pela banda.

La Lunna – Sem Massagem

Em seu primeiro lançamento, a rapper La Lunna chega literalmente “sem massagem” – metralhando mensagens feministas: “tem mulher no game, você duvidou, já fiz vários corre enquanto tu moscou” (..) “não vou tolerar sua opressão, disfarçada de opinião, se bater de frente com as mina responsa vai ter rima monstra e não vai ter perdão”

TR MC – Pólvora (Mixtape)

TR não para! Começou o ano com “O Sertão Virou Mar”, combinação perfeita com as participações de Dinha Andrade e Ayack. Ao longo dos meses foi lançando alguns singles que em junho se uniram em uma mixtape.

Wubeko – Wu-Corre

Atualmente donos do posto de show mais catatônico do rap conquistense, Wubeko nem surpreende mais, por que só lança “pedrada”.

Veneta Clan (Feat. Wubeko) – A bruxa tá solta

Veneta Clan e Wubeko juntos em uma ótima letra pra discutir guerra às drogas e violência do estado.

JXNXVR (feat. Coluna MC) – Passa Nada

Novidade na área, JXNXVR traz coisas como esse boombap oldschool que sai um pouco da linha dos traps que é a atual tendência mais forte do rap nacional e consequentemente local. Conta com a participação de Coluna MC, mostrando uma parceria que rola desde a infância.

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *