Com camadas de psicodelia e bebendo da Tropicália, surge a banda Taro

Lançamento oficial da banda será realizado no próximo dia 23, no Teatro Carlos Jehovah

A música mineira e baiana dos anos 70 (como Clube da Esquina. Caetano, Gilberto Gil, etc) e o som progressivo e psicodélico norte americano e europeu formam a atmosfera musical da mais nova banda do cenário independente em Vitória da Conquista: a Taro.

No dia 23 de setembro no Teatro Carlos Jehovah, a banda passa a existir oficialmente no mundo. Apesar de ter sido formada em 2016 e já ter no currículo uma apresentação ao vivo, os meninos estão encarando este evento como o ponto de partida de sua história.

Foto: Rafael Flores/ Vagalume Assessoria

Integrada por Bernardo Rezende (bateria), Luiz Henrique, o Luizão (baixo), Gabriel Tupy (guitarra) e Pedro Antunes (guitarra e vocal), a Taro possui um som autoral e está em processo de gravação do EP “Dissonância”, ainda sem previsão para lançamento.

A banda surge em um momento onde a aproximação com o som setentista e a psicodelia está sendo retomada dentro de diversas bandas brasileiras. Assim,se junta a nomes como Boogarins, Astralplane, Maglore, entre outras.

O encontro aconteceu primeiro entre Bernardo e Gabriel, colegas de escola, em 2013. “Só em 2016 convidamos Luizão pra tocar com a gente e em 2017 chamamos Antunes pra se unir ao grupo. Logo depois já começamos a compor músicas e nomeamos o nome da banda de Taro”, conta Tupy.

Tupy já possui dois EP’s lançados, que também seguem a linha da música experimental

Sobre o processo pra escolha do nome, o guitarrista comenta que decidiram buscar por nomes de plantas e vegetais. “Achamos o nome Taro, pesquisamos e vimos que significa raiz, então decidimos que seria esse o nome”, explica.

Foto: Rafael Flores/ Vagalume Assessoria

O show de estreia contará ainda com a participação da banda Dost e do cantor Balaio. “Quem sugeriu que esse evento fosse criado foi o vocalista Lucas Sampaio, e quando começamos a organizar convidamos a banda de imediato. A Dost é uma grande referência do cenário conquistense e para nós da Taro”, diz Gabriel.

“No meio da organização do evento achamos que estava faltando um elemento, uma presença amiga. Foi assim que resolvemos convidar Balaio. Creio que o evento será uma reunião de grandes amigos. Pensamos em tornar o evento mais ‘amigável’, pois assim sentiríamos mais a vontade para apresentar em um teatro tão significante pra cidade”, completa.

SERVIÇO:

SHOW DE LANÇAMENTO DA BANDA TARO + DOST + BALAIO
Data: 23/09/2017
Horário: 19h
Local: Teatro Carlos Jehovah (Praça da Bandeira, Centro)
Ingressos: R$ 10 (inteira)/ R$ 5,00 (meia)