Além do Look: Loja virtual lança coleção no Dia Internacional de Combate ao Racismo

Com o título “Reexistência, a coleção da loja virtual baiana Kumasi visa levantar a discussão sobre o racismo velado no país

A loja virtual Kumasi aproveitou o 21 de março – Dia Internacional de Combate ao Racismo – para lançar sua primeira coleção de camisas. Com o título “Reexistência”, a coleção visa levantar a discussão sobre o racismo velado no país. “Tentaram nos enterrar, mas esqueceram que somos sementes”, “Nunca fui tímida, fui silenciada” e “Poder às Minas Pretas”, são algumas frases estampadas nas camisas.

“Cada estampa foi pensada nas mortes simbólicas e psicológicas da população negra. A ‘Tentaram nos enterrar, mas esqueceram que somos sementes’, por exemplo, desconstrói a teoria do branqueamento do século XIX que dizia que o Brasil seria puramente branco em mais ou menos cem anos. Como nós negros somos a maioria da população brasileira, só prova que multiplicamos, que somos sementes”, diz Monique Evelle, gerente da Kumasi.

12671967_1738816623022760_5337865864431003299_o

A camisa “Nunca fui tímida, fui silenciada” é uma chamada para o combate ao silenciamento da população negra e  “Poder às minas pretas” reforça a importância de termos mulheres negras em todos os espaços de poder, visto que continuam sendo a base da pirâmide na sociedade brasileira.

Além do lançamento das camisas, a Kumasi começou a vender turbantes e acessórios  da marca Encrespando. Os clientes que comprarem duas camisas da coleção vão ganhar desconto de R$ 20, utilizando o cupom REEXISTÊNCIA.

10433216_1739288419642247_4019870314269360417_n

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *