5 filmes para não perder na Mostra Cinema Conquista

Ao todo serão exibidos 50 filmes entre curtas, médias e longas-metragens

Começa neste domingo (04) e vai até a sexta (09) a semana mais esperada para os amantes de cinema no sudoeste baiano: a da Mostra Cinema Conquista.

As exibições voltam a acontecer na sala principal do Centro de Cultura Camilo de Jesus Lima, que passou cinco anos fechada. Filmes também serão exibidos na Praça CEUS J. Murilo no bairro Alto Maron,e em escolas municipais dos distritos de São Sebastião, Pradoso, Inhobim, Iguá e Bate Pé.

CONFIRA OS NOSSOS DESTAQUES

Amarilis, de Chico Liberato (curta-metragem) – 04 de novembro às 20h na sala principal do Centro de Cultura Camilo de Jesus Lima.

SINOPSE: Amarilis é uma história de amor atual que focaliza a relação de um homem e uma mulher através de símbolos de encontro e desencontro. Harmonia e conflito. Ações compulsivas movidas pelo desentendimento e ação consciente movida pela experiência do sofrimento. O sentimento de que vale a pena recomeçar

 

 

Quilombo Rio dos Macacos, de Josias Pires (longa-metragem) – 05 de novembro às 15h na sala principal do Centro de Cultura Camilo de Jesus Lima.

SINOPSE: Filme documentário de longa-metragem sobre comunidade quilombola e luta pela garantia da propriedade da terra de uso tradicional, reivindicada pela Marinha do Brasil, localizada entre os municípios de Salvador e Simões Filho. Além de denunciar graves violações de direitos humanos – direito de ir e vir e de acesso à água, saúde, educação, moradia e trabalho – o filme registra, inclusive com imagens produzidas no calor da hora pelos próprios quilombolas, conflitos e negociações visando a solução dos problemas; documenta aspectos culturais, simbólicos e características do território,como paisagens e lugares; registra memórias individuais e coletivas, traçando amplo painel de caráter etnográfico.

Tungstênio, de Heitor Dhalia, 06 de novembro às 20h na sala principal do Centro de Cultura Camilo de Jesus Lima.

SINOPSE: Um sargento do exército aposentado, um policial e sua esposa e um traficante aparentemente não possuem nada em comum, mas eles vão se unir em prol de um bem maior. quando pessoas começam a utilizar explosivos para pescar na orla de salvador, na bahia, esse grupo fará de tudo para acabar com esse crime ambiental. mas, na busca dos caminhos que lhes pareçam mais corretos, cada um deles vai passar por mais conflitos pessoais e morais.

AS BOAS MANEIRAS, de Juliana Rojas, Marco Dutra , 07 de novembro às 18h na sala principal do Centro de Cultura Camilo de Jesus Lima.

Sinopse: Clara, enfermeira solitária da periferia de São Paulo, é contratada pela rica e misteriosa Ana como babá de seu futuro filho. Uma noite de lua cheia muda para sempre a vida das duas mulheres.

O ANIMAL CORDIAL, de Gabriela Almeida, 08 de novembro às 20h na sala principal do Centro de Cultura Camilo de Jesus Lima.

SINOPSE: Um restaurante de classe média em São Paulo é invadido, no fim do expediente, por dois ladrões armados. O dono do estabelecimento, o cozinheiro, uma garçonete e três clientes são rendidos. Entre a cruz e a espada, Inácio – o homem pacato, o chefe amistoso e cordial – precisa agir para defender seu restaurante e seus clientes dos assaltantes.

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *